quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Adotei dois vira-latas

Há uns três anos atrás, depois de muito argumentar com o maridão, adotei o Barbudo.

Já tinha nome, vivia na casa ao lado. Insisti tanto com o vizinho que não teve jeito, o Barbudo veio morar aqui em casa. Heeeeee!!!

Só que como eu e meu marido trabalhamos fora o dia todo, fiquei com dó de deixar o Barbudo sozinho em casa... Então, dessa vez sem consultar o exelentíssimo, há quase um ano atrás, resolvi ir na ong Amigo Bixo e me dar um presente de aniversário: um filhote - que faria companhia para meu velhote.
 

Este é o Barbudo, ele é educadinho e obediente:



E este é o Fiapo, ele é maluquinho e safado:




Olha a cara de sem-vergonha! Fez um aninho esta semana.


Eles são uns amados, e hoje em dia se acertam muito bem.


Tá, e vocês devem estar se perguntando o que é que isso tem haver com "arteirices" (para meu marido tudo haver, segundo ele foi a maior arte que eu já fiz - adotar os vira-latas, rsrs) ???

Mas ninguém reparou no tapetinho de retalhos de TNT que os dois peludinhos estão tomando banho de sol? Não sei se vocês gostaram, mas eles amaram!

3 comentários:

Lêda disse...

Eu amo cachorro já tive vários ao longo da minha vida, hoje tenho duas moças (Dhara e Zayra) são rottweiler e me enchem de alegrias, dão um certo trabalho, mas são tão amorosas que me derreto toda...
Bjos...

Lisyê disse...

Tão lindinhos os "filhotes"!
Saudade... manda notícia de vez em qdo...
bj

Rita Bartolo Artesanato disse...

Oi Má!
Que lindos! Amo bichos, e cachorro é tudo de bom né. Tenho cinco, não vivo sem eles. Graças a Deus vc salvou o Barbudo e o Fiapo.
Quanto ao tapete, ficou muito lindo viu.
Bjs de luz.
ritabartoloartesanato.blogspot.com
495 do Blogueiras.

Postar um comentário